Hacker que roubou fotos íntimas de Jennifer Lawrence é condenado à prisão

O hacker Edward Majerczyk, de 29 anos, foi julgado culpado e ficará preso por nove meses na cadeia por invadir contas e acessar fotos íntimas de cerca de 30 famosas.

Na lista, nomes como Jennifer Lawrence, Rihanna, Ariana Grande, Kate Upton, Kirsten Dunst e Lea Michele.
De acordo com o jornal New York Daily News, Edward foi condenado a pagar uma indenização de US$ 5.700 (mais de R$ 18 mil) a uma das vítimas, não identificada, que precisou de acompanhamento psicológico.
Thomas Needham, advogado de Edward disse ao juiz que seu cliente “estava sofrendo de depressão e buscava sites e salas de bate-papo pornográficos para preencher o vazio e desapontamento de sua vida”.
Jennifer Lawrence teve suas fotos vazadas em 2014. Nas imagens, a atriz aparecia de forma sensual e sem roupa.
À época, Jennifer contou à revista Vogue americana que sofreu bastante com o vazamento das imagens.
— Foi apenas dor e nenhum ganho. Mas eu não penso sobre isso a não ser que alguém toque nesse assunto.
Quem a ajudou a superar o trauma foi Pippi, a cachorrinha de estimação que ganhou de sua mãe.
— Eu estava chorando e Pippi pulou no meu colo e começou a lamber as minhas lágrimas e eu não consegui me separar dela por horas. Eu disse, horas. Claro que sabia que essa cachorrinha seria minha.

Hacker que roubou fotos íntimas da atriz é condenado à prisão