Prefeitura de Juiz de Fora barra clássico carioca por falta de segurança e blocos de carnaval

Nesta terça-feira (21), clubes e federação irão se juntar para definir onde será realizado o duelo, que será realizado em quatro dias

Após o anuncio do clássico Flamengo e Vasco na cidade de Juiz de Fora, em Minas Gerais, pela semifinal da Taça Guanabara, a prefeitura da cidade vetou a realização do confronto. Nesta terça-feira (21), clubes e federação irão se juntar para definir onde será realizado o duelo, que será realizado em quatro dias.

Em nota oficial e em acordo com a polícia militar local, o governo municipal alegou que não há condições de receber a partida por falta de segurança. Segundo a prefeitura, o estádio Municipal Radialista Mário Helênio já receberá o jogo entre Tupi x URT pelo Campeonato Mineiro, e de acordo com as autoridades locais, a praça esportiva será restira à Federação Mineira.

“Em virtude da intensa programação de blocos de carnaval na cidade – como a tradicional Banda Daki – e em toda a região, o Estádio Municipal Radialista Mário Helênio estará restrito ao jogo da Federação Mineira de Futebol, Tupi X URT, no próximo fim de semana, como forma de garantir o esquema de segurança da 4ª Região da Polícia Militar aos torcedores do município e aos foliões de 86 cidades da Zona da Mata em todo o carnaval. Não está autorizado, então, qualquer outro evento no estádio neste período”, disse em nota.

Entre os possíveis locais para o decisivo clássico, o estádio Nilton Santos não aparece como primeira opção para a dupla. Na pauta da Ferj (Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro), estão: Arena da Amazônia, estádio Mané Garrincha, Pacaembu e Mineirão.