PF cumpre mandados de prisão na 38ª fase da Lava Jato

Estão sendo cumpridos 15 mandados de busca e apreensão e dois de prisão preventiva no Rio de Janeiro

A Polícia Federal deflagrou a Operação Blackout, 38ª fase da Operação Lava Jato, nesta quinta-feira (23). Estão sendo cumpridos 15 mandados de busca e apreensão e dois de prisão preventiva no Rio de Janeiro.

O principal alvo da ação é a atuação de operadores financeiros identificados como facilitadores na movimentação de recursos indevidos que eram pagos a integrantes das diretorias da Petrobras.

Os crimes que estão sendo investigados são: corrupção, fraude em licitações, evasão de divisas, lavagem de dinheiro e outros.

O nome Blackout foi dado em alusão ao sobrenome de dois dos operadores financeiros do esquema criminoso existente no âmbito da empresa Petrobras.

A simbologia do nome tem por objetivo demonstrar a interrupção definitiva da atuação destes investigados como representantes deste poderoso esquema de corrupção.

Os presos serão levados para a Superintendência da Polícia Federal em Curitiba quando autorizados pelo juízo competente.