Coreia do Norte lança quatro mísseis no mar na direção da costa japonesa

Japão e Coreia do Sul protestaram contra a ação norte-coreana

A Coreia do Norte disparou quatro mísseis balísticos no mar na direção da costa noroeste do Japão nesta segunda-feira (6), o que provocou protestos de Coreia do Sul e Japão, dias após o regime norte-coreano ter prometido retaliar os exercícios militares conjuntos realizados por Estados Unidos e Coreia do Sul.

As Forças Armadas da Coreia do Sul disseram que os mísseis provavelmente não eram mísseis balísticos intercontinentais (ICBM), que podem atingir os Estados Unidos. Os mísseis voaram em média 1.000 km e atingiram uma altura de 260 km.

Alguns mísseis caíram na água a apenas 300 km da costa noroeste do Japão, disse o ministro da Defesa japonês, Tomomi Inada, em Tóquio.

O primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, disse que “protestos firmes” foram apresentados à Coreia do Norte, que tem arsenal nuclear e que realiza com frequência testes nucleares e de mísseis desafiando sanções da ONU.

O presidente interino da Coreia do Sul, Hwang Kyo-ahn, condenou os lançamentos e disse que representam uma provocação direta à comunidade internacional. Seul disse ainda que vai agir para implantar rapidamente um sistema antimísseis dos EUA, apesar da forte objeção da China.