7 coisas que ninguém deveria fazer com dinheiro

Para lhe dar alguma orientação, pedimos a especialistas financeiros para partilhar suas opiniões sobre como ter segurança financeira e evitar ser ludibriado

Certamente, a lista de coisas que você nunca deve fazer com seu dinheiro é bem mais longa que essas 7 recomendações. Mas você tem que começar de alguma forma.

Para lhe dar alguma orientação, pedimos a especialistas financeiros para partilhar suas opiniões sobre como ter segurança financeira e evitar ser ludibriado.

1. Não descontar seu cheque em dinheiro

Ter dinheiro na mão pode ser perigosamente tentador. Você certamente vai gastar tudo se você descontar seu cheque de pagamento ao invés de o seu empregador depositá-lo diretamente em sua conta bancária. Ainda melhor é transferir automaticamente uma porcentagem do seu salário em uma conta de investimento para aposentadoria e depositar direto o restante em sua conta bancária.

2. Evite ofertas financeiras especiais

Ofertas de financiamento promocionais que oferecem baixas taxas de juros sobre uma compra grande pode soar como um grande negócio – até você acabar pagando mais do que você esperava. Essas ofertas de financiamento podem arruinar você se você estiver apenas olhando para o pagamento mensal. Faça os cálculos matemáticos necessários e leia todas as letras miúdas do contrato. Eles negociam pagamentos mensais baixos, para mantê-lo pagando por muito mais tempo do que você esperava.

3. Não seja fiador de um empréstimo 

Nunca assine um empréstimo para alguém a menos que você tenha os meios para pagá-lo integralmente. O fato é que você nunca sabe se a pessoa vai ser capaz de honrar cada pagamento, por isso é melhor se preparar. Além disso certifique-se ou faça um documento para com a pessoa que você está sendo fiador para que ela possa te pagar caso você tenha que cobrir a dívida dela.

4. Cuidado com os gastos excessivos  

Você tem que racionalizar os gastos das compras que você realmente não precisa, pois isso vai impedi-lo de construir um futuro financeiro seguro. Um dos inquilinos de construção de riqueza é viver abaixo de seus meios. Poupança e investimento devem ser suas prioridades para que você possa ajudar a pagar os custos da faculdade dos seus filhos e viver confortavelmente na aposentadoria.

5. Não levar muito dinheiro em viagens

Claro, carregar e usar dinheiro é uma boa alternativa para correr das contas do cartão de crédito. No entanto, ter uma quantia razoável de dinheiro quando você está viajando pode te convidar a situações infelizes. Você pode perdê-lo ou você pode ser vítima de um roubo, o que não é incomum em áreas turísticas. Cheques de viagem ou cartões pré-pagos são ótimas alternativas ao dinheiro. Ambos carregam a promessa de um reembolso se eles forem perdidos ou roubados.

6. Não faça compras quando estiver emocional  

É melhor evitar compras quando você está se sentindo para baixo por causa da tendência de gastar mais. Outra situação é para evitar vendedores insistentes. Não deixe que eles te influenciarem a comprar algo que você não quer ou não pode pagar.  Você pode precisar de algum reforço positivo, mas recebendo-o de um funcionário cujo interesse é em fazer uma venda, pode te custar caro. Há outras maneiras de se sentir bem consigo mesmo sem sair gastando seu dinheiro. Tome decisões com base em sua necessidade e seu orçamento.

7. Troque de gerente caso você não confie nele

Escolher um consultor financeiro pode ser a decisão mais importante que você faz. Ele também pode significar a diferença entre a criação de riqueza para sua aposentadoria ou se tornar uma vítima de fraude ou de pagamento de taxas excessivas. Nunca invista seu dinheiro com alguém que você não confia, mesmo que você não possa identificar a fonte da desconfiança. Obtenha recomendações de consultores, de parentes e amigos que você confia. Se você se sentir desconfortável com um consultor financeiro, mesmo aquele que veio altamente recomendado, caia fora.