“Quarta do Craque” homenageia Zé Maria

Zé Maria conquistou a Copa do Mundo de 1970 na suplência de Carlos Alberto Torres e atuou como titular da Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 1974

José Maria Rodrigues Alves, mais conhecido como Zé Maria (Botucatu, 18 de Maio de 1949) é um ex-futebolista do Brasil.

Deu seus primeiros passos no futebol no Lajeado Atlético Clube, uma equipe de várzea. Iniciou a carreira profissional em 1966 na Ferroviária de Botucatu de onde foi para a Portuguesa, em 1967.

Em 1970, após uma tumultuada negociação, foi para o Corinthians onde conquistou os campeonatos paulistas de 1977, 1979, 1982 e 1983, além de ter obtido os vice-campeonatos do Campeonato Brasileiro de 1976 e do Campeonato Paulista de 1974 e o 4º lugar no Campeonato Brasileiro de 1971 e Campeonato Brasileiro de 1972 . É considerado o maior lateral-direito da história do Corinthians. Em 1984, foi para a Internacional de Limeira, onde encerrou a carreira.

Pela Seleção Brasileira, Zé Maria conquistou a Copa do Mundo de 1970 na suplência de Carlos Alberto Torres e atuou como titular da Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 1974. Foi convocado pelo técnico Cláudio Coutinho para ser titular do time na Copa do Mundo de 1978. Porém, uma contusão o tirou da equipe um pouco antes da competição começar. Conquistou também a Copa Roca de 1971, a Taça Independência, em 1972 e o Mundialito de Cáli, em 1977. Jogou um total de 64 jogos, de 1968 até 1978, sem marcar gols.

Em 1983, em seu último ano no Corinthians, atuou como técnico da equipe em algumas partidas do Campeonato Brasileiro daquele ano. Zé Maria foi escolhido democraticamente como técnico pelos seus próprios companheiros de equipe, no melhor estilo da Democracia Corintiana.

Atualmente, Zé Maria trabalha num projeto da Fundação Casa que permite ao menor infrator a jogar futebol durante o período de reclusão.