Santos celebra liderança e destaca força do time na Vila Belmiro

Equipe venceu o The Strongest por 2 a 0 e espantou instabilidade do início da temporada

A vitória poderia ter vindo com mais facilidade tamanho foi o volume de jogo apresentado pelo Santos, mas ainda assim o triunfo por 2 a 0 sobre o The Strongest, na noite desta quinta-feira (16), foi bastante celebrado, ainda mais por deixado o time na liderança do Grupo 2 da Copa Libertadores.

RICARDO MOREIRA/FOTOARENA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO

O volante Renato, autor do segundo gol, já no fim da etapa final, só alertou para o risco que o Santos correu por não ter matado o jogo antes. “A gente sabia das dificuldades. Jogamos com uma equipe que veio para jogar no contra-ataque e tínhamos que aproveitar as oportunidades. Poderíamos ter matado o jogo um pouco antes, mas agora é virar a chave e focar no Paulistão”, disse.

O meia Lucas Lima, que sofreu a falta do primeiro gol, de Ricardo Oliveira, e deu a assistência para Renato ampliar, avaliou que o Santos deixou a instabilidade do início de 2017 para trás e ressaltou a força do time na Vila Belmiro.

“Começo de temporada é isso, a gente oscilou um pouquinho. Quando ganhamos nós somos os melhores, mas quando perdemos somos os piores. A gente tem de manter os pés no chão e agradecer o apoio da torcida que compareceu. Sempre que eles comparecem é muito difícil ganhar da gente”, celebrou.

Líder da sua chave com quatro pontos somados em dois jogos, o Santos volta a jogar pela Libertadores em 19 de abril, quando visitará o Independiente Santa Fe. Já pelo Campeonato Paulista, o próximo compromisso será no domingo, o clássico com o Palmeiras, na Vila Belmiro.