Veja famosos que, assim como José Mayer, foram acusados de assédio sexual

Biel, Bill Cosby e Dr. Rey são alguns dos nomes. Relembre os casos

No fim da última semana, a figurinista Susllem Meneguzzi Tonani veio à público denunciar José Mayer de assédio sexual. Nesta terça-feira (3), José Mayer que foi suspenso pela Rede Globo, confessou o abuso e se desculpou pelo ato.

Nas redes sociais, diversas famosas se mobilizaram em uma campanha contra o machismo e pelo fim do assédio. A luta continua pois, infelizmente, não é a primeira vez que casos como esse acontecem. Relembre alguns deles:

Bill Cosby

A primeira denúncia de assédio sexual contra o humorista aconteceu em 2004. Na época, Andrea Constand desistiu do processo em troca de um valor em dinheiro nunca revelado. Em 2015, a revista New York trouxe na capa 35 mulheres que afirmavam ter sido vítimas de abusos sexuais por parte do ator.

Biel

Durante uma entrevista, o cantor disse para uma repórter frases como “se te pego, te quebro no meio” e “te estupraria rapidinho”. Na ocasião, Biel foi denunciado por assédio sexual e condenado a pagar R$ 4.400 por injúria.

Casey Affleck

O irmão de Ben Affleck foi acusado duas vezes de assédio sexual, por uma mulher que trabalhou com ele na equipe de um longa-metragem, o qual ele dirigiu. A ação contra o ator e diretor pedia uma indenização de U$ 2.25 milhões.

John Travolta

Um massagista afirmou ter sido abusado sexualmente pelo astro de Hollywood. Segundo relato do rapaz, ele entrou no carro de John para fazer seu trabalho e acabou encontrando o ator nu e com vários preservativos.

Charlie Sheen

O ator foi acusado de assédio sexual por um assistente de dentista. A moça disse que Charlie teria arrancado sua roupa e apalpado seus seios. De acordo o site TMZ, o astro ainda teria ameaçado a assistente com uma faca.

Dr. Rey

O médico também foi acusado, por uma produtora de seu extinto programa na RedeTV!, de abuso sexual. Quando soube do ocorrido, o namorado da vítima teria jurado Dr. Rey de morte.

Elton John

O cantor foi processado por seu ex-segurança Jeffrey Wenninger, que o acusou de assédio sexual. Segundo o site TMZ, o rapaz alegou que o artista o molestou por três vezes, tendo passado as mãos em suas genitais.

Dr. Luke

O produtor foi acusado por Kesha de abuso físico e emocional em 2014. A cantora continua em uma tensa batalha judicial para retomar sua carreira após denunciar o abuso. Isso porque, o contrato feito entre ela e o produtor restringe qualquer trabalho feito por ela à gravadora dele, Kemosabe Records