Pesquisadores descobrem substitutos naturais para a pílula do dia seguinte; saiba quais são

Substâncias com efeito contraceptivo podem ser encontradas em azeitonas, mangas e uvas

Pesquisadores da Universidade de Berkeley, nos Estados Unidos, descobriram duas novas substâncias encontradas em azeitonas, mangas e uvas que podem substituir o uso da pílula do dia seguinte.

O primeito composto químico, chamado lupeol, impede que a cauda dos espermatozóides se forme totalmente e, por isso, não permite que ele se locomova até atingir o óvulo. “Ela não é tóxica para os espermatozóides. Eles ainda podem se mover. Mas eles se tornam incapazes de ter tanta força. Essa é uma pílula do dia seguinte lbem mais potente e um futuro contraceptivo para os homens”, disse a cientista Polina Lishko.

De acordo com os autores do estudo, a substância pode substituir a pílula do dia seguinte se ela for consumida em até cinco horas após o sexo mesmo que ninguém tenha usado preservativo.

A descoberta das substâncias pode ser o primeiro passo para a criação de uma “pílula do dia seguinte unisex”, capaz de fazer efeito tanto em homens quanto mulheres sem os efeitos colaterais de doenças cardíacas, coágulos de sangue e depressão.

A outra substância é a primisterina, que é encontrada em videiras trovão de Deus e tem o mesmo efeito do lupeol.

Os medicamentos com base nesses substâncias devem estar disponíveis no mercado em dois anos para as mulheres e em quatro anos para homens.

Segundo o professor Allan Pacey, da Universidade de Sheffield, “essa é o provavelmente a aproximação mais inovadora da contracepção masculina, permitindo que os homens tenham igual responsabilidade no planejamento familiar”.

— Cientistas estão mexendo com vários tipos de compostos contraceptivos de diferentes tipos para os homens há 30 anos e eles ainda não foram colocados no mercado, então nós precisamos muito de uma coisa nova como essa.