6 dicas de como ser um empregado excepcional

Confira as dicas para ser um bom profissional

1. Seja profissional.

Você não pode imaginar a quantidade de comportamento não profissional que eu testemunhei em escritórios de funcionários com sólida formação. Pode parecer óbvio, mas pelo amor de tudo que é bom no mundo: Coloque o seu celular afastado em reuniões. Se qualquer um dos seus relacionamentos de trabalho virar pessoal, deixe isso fora do escritório. Chegue na hora certa, e se você estiver atrasado, envie um e-mail ou uma mensagem avisando. Se você tem uma grande reunião, não use roupas fora do padrão para trabalhar – mesmo no verão (a menos que você trabalhe em um local mais casual, sem regras )

2. Foco nos objetivos e entregas.

É bom se sentir confortável com sua posição, mas não fique complacente. Bons funcionários estão sempre pensando à frente. Por exemplo, se seu projeto está em boa marcha , antecipe eventuais obstáculos que possam aparecer nos próximos meses. O mesmo vale para sua própria carreira: Pense em frente e sonhe alto. Você deve ser capaz de responder à pergunta “Onde você quer estar daqui a seis meses?” Sem parar para formular uma resposta.

Se não tiver certeza, tenha uma noção de seu próximo passo perguntando a si mesmo: Eu quero o trabalho de um degrau acima do meu? Eu quero gerenciar mais pessoas? Eu quero fazer mais do que eu estou fazendo agora, ou mudar as minhas responsabilidades? Estou mirando para mais poder e visibilidade, ou eu sou mais feliz como parte de uma equipe?

3. Comunique-se bem e ouça ainda melhor.

Em vez de notas passivo-agressivo ou evitar o confronto a todo custo, faça um ponto de comunicar-se claramente com seus colegas de trabalho e superiores. Tem um problema? Fale sobre isso com honestidade e respeito. Espera alguma coisa de um companheiro de equipe? Faça essa expectativa clara desde o início. Vai perder um prazo? Envie um e-mail o mais rápido possível, e forneça sua data de entrega revista.

Mas importante ainda : Ouça.

Ouça quando seu chefe lhe dá instruções (e siga). Ouça quando seus companheiros de equipe compartilham idéias e faça perguntas até que você compreenda totalmente. Apenas ouça.

4. Aceite críticas e responsabilidades.

Sobre o tema da escuta, a sua capacidade de aceitar a crítica é fundamental. Em vez de desviar ou transferir a culpa, seja receptivo à idéia de que você pode precisar fazer algumas mudanças. Cometer um erro não é a marca de um mau funcionário – não se adaptar, é. Ao longo destas linhas, esteja disposto a assumir a responsabilidade em vez de passar a bola, mesmo se você não é 100 por cento culpado. Mostre força de caráter e diz a seu chefe que você tem potencial de liderança.

5. Seja um solucionador de problemas.

Este, também, pode parecer óbvio, mas você não pode imaginar quantas pessoas pensam em si mesmos como solucionadores de problemas quando eles são realmente grandes queixosos ou parte do problema. Você não está fazendo qualquer favor, ao apenas apontar um problema. Você tem que chegar a soluções.

6. De um modo geral, seja positivo.

Você não tem que ser o melhor amigo dos seus colegas. Mas você tem que gastar pelo menos 40 horas por semana juntos. Um senso de humor e perspectiva positiva geral irão torná-lo o tipo de colega de trabalho que as pessoas querem manter ao redor. Se você é tímido e não quer socializar, não entre em pânico. Basta sorrir e perguntar: “Como você está?” quando você chegar no escritório.