PF faz operação para desarticular quadrilha de contrabando de cigarros que movimentou R$ 500 mil

Estimativa dos agentes é que grupo tenha faturado até R$ 1 milhão por dia

 

Agentes da Polícia Federal cumprem 15 mandados de prisão em São Paulo e no Paraná, com objetivo de desmantelar uma quadrilha que contrabando de cigarro acusada de faturar R$ 500 milhões nos últimos anos.

Também estão sendo cumpridos mandados de busca e apreensão expedidos pela 5ª Vara Criminal de São Paulo.

A quadrilha é investigada desde 2014. Naquela época, diz a PF, os criminosos distribuíam cerca de 800 mil maços de cigarros contrabandeados do Paraguai e movimentavam R$ 1 milhão diariamente.

A PF afirma que eles usavam de laranjas e subornavam servidores públicos para manter o negócio. Entre os crimes praticados estão contrabando, corrupção passiva e organização criminosa.