Jovem invade o Alvorada e tem o carro alvejado por tiros

Rapaz, que não foi atingido por nenhum tiro, falava frases desconexas quando foi abordado

Um rapaz dirigindo uma espécie de van ou SUV preta chegou, por volta das 19h desta quarta-feira (28), à portaria do Palácio da Alvorada como se fosse se identificar para entrar. Na hora que o segurança foi abordá-lo, o rapaz acelerou, derrubou o portão de entrada do palácio e seguiu invadindo a residência oficial da Presidência da República.

O soldado do Exército que estava no local começou a disparar tiros de escopeta em direção ao carro. Foram cinco ou seis tiros e o motorista, que parecia menor de idade, só parou o carro perto da igrejinha do Alvorada. Após deixar o veículo, o rapaz saiu correndo e se escondeu nos jardins do palácio. A segurança vasculhou a área e o achou.

O rapaz, que não foi atingido por nenhum tiro, falava frases desconexas quando foi abordado. A Polícia Federal está no local para investigar o que houve.

Uma perícia está sendo realizada no local e o jovem foi detido. O presidente Michel Temer e sua família não moram no Alvorada, mas no Palácio do Jaburu.

Temer, que estava no Planalto na hora do ocorrido, foi informado pelo ministro-chefe do GSI, general Sérgio Etchegoyen, do episódio. O Planalto vai emitir uma nota dando maiores esclarecimentos sobre o ocorrido. Depois do incidente, o acesso ao Palácio da Alvorada foi fechado.