Tiroteio perto de mesquita deixa ao menos oito feridos, em Avignon

Dois encapuzados atiraram contra pessoas do lado de fora do templo em cidade no sul da França

Ao menos oito pessoas ficaram feridas após um tiroteio em frente a uma mesquita na cidade de Avignon, no sul da França. Segundo testemunhas, dois homens encapuzados desceram de um Renault Clio e começaram a disparar na direção das pessoas que saíam do templo religioso. Os suspeitos escaparam no meio da multidão.

Dois dos oito feridos foram levados a hospitais após o incidente. Uma fonte revelou à agência Reuters que os atiradores, usando um fuzil de caça, abriram fogo em direção a grupos que deixavam a mesquita. Um dos feridos é uma criança de 7 anos.

A polícia está investigando o caso mas, por ora, descartou que o ataque tenha sido realizado por grupos terroristas.

O jornal regional La Provence, o primeiro a noticiar o incidente, citou uma fonte policial, dizendo que autoridades suspeitam de uma disputa entre “gangues de jovens”.

O jornal também informou que testemunhas disseram que um dos suspeitos, com o rosto coberto por capuz, inciciou o ataque por voltas das 22h30, horário local (18h30, em Brasília).

Quando as pessoas corriam na frente da mesquita, os dois suspeitos fugiram correndo no meio da multidão e ainda não foram localizados.

Quatro pessoas ficaram feridas fora da mesquita. Uma família de quatro pessoas, que estava um apartamento térreo, cinquenta metros de distância, foram atingidas por estilhaços.

Na última quinta-feira, um homem tentou atropelar um grupo de pessoas que passavam pela mesquita de Créteil, nos arredores de Paris, com o seu carro.

Segundo a polícia da capital francesa, não houve nenhum ferido e o homem que tentou cometer o ataque conseguiu fugir.

No entanto, o indivíduo acabou sendo detido, sem nenhuma resistência, em sua casa.

De acordo com o jornal Le Parisien, o motorista do veículo, de origem armênia, disse que queria vingança pelos atentados terroristas “do Bataclan e da Champs-Elysées”.