Casa própria fica 0,23% mais em conta no 1º semestre

Valor médio do m² construído em 20 cidades do Brasil caiu para R$ 7.668, diz FipeZap

Após registrar a maior queda mensal na passagem de maio para abril, o preço médio do imóvel residencial construído no País caiu 0,15% entre maio e junho de 2017. O resultado, que representa a quarta queda seguida com redução nominal no valor dos imóveis, apontam para uma baixa acumulada de 0,23% no primeiro semestre do ano.

As informações foram divulgadas nesta quarta-feira (4) pelo índice FipeZap, que acompanha o preço de venda de imóveis residenciais em 20 das principais cidades brasileiras.

Nos últimos 12 meses, o índice aponta que a variação do valor do imóvel pronto no Brasil acumula alta de 0,31%. No mesmo período, a inflação oficial de preços, calculada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), deve ser de 3,08%.

Sem pró-cotista, Caixa se torna “banco comum” para financiar imóvel de até R$ 950 mil

Com as sucessivas quedas de preço, o valor médio do metro quadrado dos imóveis residenciais construídos no Brasil é de R$ 7.668. Significa dizer que um apartamento padrão, com um ou dois dormitórios e 65m² de área construída, custa, em média, R$ 498 mil pelo País.

Cidades

A queda mensal no valor dos imóveis residenciais em junho foi guiada pelo recuo nominal nos preços de venda em 13 das 20 cidades pesquisadas. Os destaques positivos para o bolso do consumidor ficaram por conta dos municípios do São Caetano do Sul (- 0,76%), Distrito Federal (- 0,6%) e Rio de Janeiro (- 0,49%).

Já entre as 7 cidades que registraram aumento nominal de preço no mês passado, as maiores variações foram observadas em Santos (+ 0,61%), Fortaleza (+ 0,57%) e Florianópolis (+ 0,51%).

Em relação ao preço do metro quadrado, o Rio de Janeiro se manteve como a cidade com o espaço mínimo de terra mais caro do País (R$ 10.082), seguida por São Paulo (R$ 8.680) e Distrito Federal (R$ 8.385). Já as cidades com menor valor médio por metro quadrado foram Contagem (R$ 3.526), Goiânia (R$ 4.127) e Vila Velha (R$ 4.654).