Justin Bieber doa R$ 20 mil para o Inca do Rio e tem processo de pichação retirado

Juiz carioca decidiu extinguir o processo contra o cantor canadense

O juiz Rudi Baldi Loewenkron, da 34ª Vara Criminal do Rio decidiu extinguir o processo contra Justin Bieber. Desde 2013, o cantor respondia por pichar um muro, em São Conrado, na zona sul da cidade maravilhosa. O canadense doou R$ 20 mil ao Instituto Nacional do Câncer (Inca).

O caso foi reaberto em março passado, a pedido do Ministério Público do Rio (MPRJ), em seu regresso à cidade para um show.

Há quatro anos, Justin Bieber tinha autorização para pichar um muro da Vila Olímpica do Vidigal, mas não seguiu a orientação, e foi flagrado grafitando o muro do antigo Hotel Nacional. Na ocasião, a segurança do cantor entendeu que pichar no Vidigal, como previsto, atrairia a atenção de jornalistas além de colocar em risco a segurança de Bieber.