Carros Flex: Mitos e Verdades

Quando o assunto é carro flex, há diversos mitos e verdades que são propagados. Confira o que é de fato verdadeiro e o que é mito por um especialista.

O consultor Olívio Netto da ON Consultoria Automotiva esclarece os principais mitos e verdades quando o assunto é veículos biocombustíveis, onde por sua vez são vários os mitos que rondam esse assunto.

Motor flex vicia caso seja usado por um longo tempo o mesmo combustível?

MITO. “O problema é que a qualidade do combustível brasileiro não tem uma boa fama e utilizando um determinado combustível por um tempo, o motor pode apresentar problemas. O etanol adulterado produz, com o tempo, uma espécie de borra que prejudica o sistema de injeção eletrônica e equipamentos como boia, bomba e filtro de combustível. A gasolina adulterada, chamada de “batizada”, é ainda pior para os componentes do motor. A dica é mudar o combustível do tanque a cada 4 ou 5 abastecimentos, levando em consideração mudar completamente o tipo de combustível dentro do tanque para dar uma limpada no sistema […]””

O primeiro abastecimento de um carro flex deve ser feito com a gasolina?

MITO. “O que acontece é que é altamente recomendável rodar por cerca de 15 minutos após encher completamente o tanque do carro com outro combustível antes de deixá-lo desligado por um período de tempo razoável. A tecnologia flex em si, não define que o primeiro abastecimento de um carro com motor bicombustível seja com gasolina (até porque, por uma questão de custo, fábricas e concessionárias usam o etanol por ter menor preço), porém, vale consultar o manual do fabricante […]”

Motor flex dura menos que um motor monocombustível?

MITO. “O etanol é um combustível mais corrosivo do que a gasolina. Porém, os engenheiros das montadoras sabem disso e o motor recebe tratamentos necessários para ter a durabilidade padrão de um carro que roda apenas com um combustível […]”

Gasolina rende mais do que etanol?

VERDADE. “O veículo rodando na gasolina é mais econômico do que o mesmo veículo abastecido com etanol. O consumo com etanol é de 30% a 50% maior que com gasolina. Isso acontece porque o poder calorífico do etanol é menor que o da gasolina […]”

Carros biocombustível funcionam melhor no frio?

VERDADE. “O motor flex funciona bem no frio desde que alguns cuidados sejam tomados. Nos carros bicombustíveis, há o famoso tanquinho de partida a frio (tecnologia que já está praticamente 100% substituída por outra, que não usa o tanquinho). O tanquinho deve ser abastecido com gasolina de altíssima qualidade para que o combustível demore mais para envelhecer e para que seja melhor na sua função de auxiliar a partida quando o veículo estiver com o tanque cheio ou, geralmente, com mais de 85% de etanol. […]”

O etanol traz melhor desempenho ao veículo?

VERDADE. “Geralmente, o motor que está sendo alimentado por etanol tem um rendimento bem melhor que o mesmo motor alimentado por gasolina. Em outras palavras, o carro com etanol fica mais potente […]”

É preciso esperar o carro ficar na reserva para trocar de combustível?

VERDADE. “Caso o motorista queira trocar de combustível, recomenda-se aguardar o tanque ficar na reserva ou bem próximo da reserva. É importante lembrar que não se deve rodar por muito tempo com o carro na reserva e essa observação vale para qualquer veículo que rode com qualquer tipo de combustível. Isso para a própria segurança do motorista, para evitar surpresas desagradáveis com uma pena seca e, também, porque o hábito de manter o tanque com baixo nível de combustível prejudica alguns componentes, como bico injetor e boia de combustível (que trabalha sobrecarregada com o tanque vazio) […]”