Preços em supermercados podem variar até 200%

Em um ano é possível economizar até R$ 2.800 nas compras de supermercado. É o que revela o Guia de Preços de Supermercados da PROTESTE.

Um guia de preços da PROTESTE tem como objetivo indicar aos consumidores os supermercados mais baratos localizados em 22 cidades e distribuídas por 15 estados brasileiros além do Distrito Federal. Só em São Paulo, em um ano, a economia pode chegar a R$ 2.819,47, ou seja, R$234,96 por mês, por conta da variação dos preços de mercado para mercado.

Utilizando como critério, o Guia separou dois grupos: sendo eles, a cesta 1, onde contém produtos com marcas líderes em vendas e a cesta 2 com produtos mais baratos, e consequentemente de marcas menos famosas. Já de acordo com os resultados da pesquisa, o consumidor de São Paulo que optar por comprar produtos das marcas líderes de venda poderá economizar até R$ 2.392,80 em ano, se escolher fazer suas compras no Atacadão no bairro Colônia (Zona Leste) em vez de fazer as compras no mercado Joy na Vila Mariana (Zona Sul).

Já para a cesta 2, a economia chega a R$2.819,47 se o consumidor fizer suas compras no supermercado Assaí na Vila Carrão (Zona Leste) ao invés do mercado VIP no Tatuapé (Zona Leste).

A variação de preços de um mesmo produto chega a 197%. O que só reforça a necessidade de pesquisar antes de comprar. Um exemplo é valor do achocolatado Nescau (400g) que é vendido a um preço mínimo de R$4,19 e máximo de R$11,99 em outros mercados, contendo uma variação de 186%.