Como economizar cuidando do seu pet

Medidas simples podem garantir uma folga financeira no final do mês.

Os animais de estimação são uma verdadeira paixão, porém, em tempos de crise econômica, é importante equilibrar os gastos da casa e evitar o endividamento desnecessário. Confira algumas dicas preciosas para manter a saúde, a alimentação e a higiene do seu bichinho em dia, sem comprometer o seu orçamento.

gato e cachorro abraçados
1- Mantenha as vacinas dos bichinhos em dia, apesar do custo das aplicações, a saúde em dia proporciona a prevenção de doenças que podem levar ao óbito
2- Substitua a frequência dos banhos no pet shop. O banho pode ser uma atividade divertida e prazerosa para a família toda, bastando comprar os produtos corretos e ter paciência. Não se esqueça de secar bem os bichinhos!

Veja mais: Dicas para tornar o passeio com seu pet mais agradável
Veja mais: Cães são ótimas companhia para praticar atividades

3- Pesquise os preços dos itens de necessidade básica na internet antes de procurar em lojas físicas. As grandes redes de lojas especializadas oferecem descontos virtuais.
4- Tente reaproveitar roupas e tecidos para confeccionar roupinhas e caminhas para os pets, além de ser muito mais barato, ainda ajuda a preservar o meio ambiente.
5- Faça um cofrinho de economias para o pet. Algumas moedinhas e notas guardadas para emergências podem impedir aquele gasto inesperado que compromete o orçamento da casa.

homem com pássaro
6- Pesquise os preços das clínicas veterinárias e negocie os valores para pacotes, caso não tenha condições, algumas universidades e escolas do país oferecem atendimento gratuito para tratamentos veterinários.
7- Sempre procure um veterinário em caso de dúvidas ou suspeitas. Apesar de representar um gasto, investir na prevenção de doenças, pode render uma ótima economia no final do mês.

Veja mais: Como limpar os objetos de seu cão corretamente
Veja mais: Como acalmar um cão nervoso ou agitado

8- Procure alternativas à ração de costume. Converse com o veterinário sobre as opções disponíveis e faça uma adaptação progressiva, assim, o seu pet fica acostumado a se alimentar com dois ou mais tipos do alimento.
9- Se você preferir comprar um animal a adotar, busque informações sobre o histórico de saúde dos seus pais e problemas de saúde. Determinadas raças exigem cuidados especiais que aumentam muito as despesas.

coelho e pato

Gostou das dicas? Aproveite seu momento de folga para sentar no sofá e relaxar assistindo a nossa programação na companhia do seu animalzinho. Estamos na internet e na sua TV, consulte o canal aqui.